Famílias

Como o investimento na educação básica retorna para a família?

Investimento na educação básica gera resultados palpáveis para as famílias dos estudantes? Acesse o artigo completo e entenda melhor.

Em diversas famílias, os custos relacionados à educação acabam sendo os primeiros a serem cortados em tempos difíceis. Mas será mesmo essa a estratégia correta? Não há uma resposta exata, cada contexto é único, mas começar a enxergar a educação como um investimento de longo prazo – e não como mais um gasto – pode ajudar a tomar a decisão correta em um momento desafiador.

A pandemia trouxe um cenário desafiador para todos os setores: entre os mais afetados, a gestão escolar. De acordo com dados de uma pesquisa recente do Grupo Rabbit , as instituições privadas de ensino brasileiras perderam 1/3 de suas matrículas durante a    pandemia. Segundo a pesquisa, as causas principais foram: questões financeiras e a descrença com o ensino a distância.

Além disso, um estudo do Banco Mundial aponta que esse período turbulento pode fazer com que dois a cada três alunos brasileiros não consigam ler adequadamente um texto simples aos 10 anos.

E os desafios não param por aí. A ideia de que após a vacinação geral as coisas vão simplesmente voltar ao normal já está caindo por terra. Afinal, após mais de um ano longe das salas de aula e do ambiente escolar, os alunos estão cada vez mais desmotivados e com a saúde mental abalada. Retomar o ritmo de estudos não será uma missão fácil, porque teremos que lidar com uma série de questões.

Aqui, o seu papel como familiar e responsável financeiro será fundamental, assim como o dos gestores e professores. Para superar esse cenário tão difícil, a comunidade escolar deverá estar mais unida do que nunca em prol desse objetivo em comum.


Sabemos que o desafio é imenso, mas acredite: os benefícios são maiores ainda. Pensando nisso, decidimos trazer neste artigo a importância do investimento na educação básica de qualidade, além de apresentar as transformações incríveis que esse investimento pode trazer para a sua família. Confira!


1. Mais oportunidades no mercado de trabalho

De acordo com dados do IBGE 2020, o salário do brasileiro com ensino médio completo chega a ser até 25% maior do que aqueles que não atingiram esse nível de escolaridade.

Além disso, essa mesma pesquisa aponta que as pessoas que não se formam no ensino médio passam cerca de 10% de suas vidas desempregadas e duram 20% a menos em seus empregos.

Vale ressaltar aqui que essa mesma pesquisa aponta que estudar em uma instituição de ensino particular aumenta em oito vezes a chance do aluno concluir o ensino médio.

Surpreendente, não é mesmo?


2. Aumento da renda (quadro comparativo com a Coréia do Sul)

Em 1960, a renda per capita de um cidadão coreano era a metade da de um brasileiro. Hoje em dia, a renda per capita de um coreano é quase quatro vezes maior que a de um brasileiro.

Como isso aconteceu? O Governo coreano investiu em educação básica de qualidade e acessível para todos.

O resultado? Como vimos, hoje a população coreana vive financeiramente muito melhor do que a grande maioria dos brasileiros, por uma única grande questão: investimento em educação.

Portanto, não resta dúvidas de que a educação é transformadora. Se ela foi capaz de transformar uma nação inteira, imagine só o que ela poderia fazer pela sua família?


3. Transformação social

Você sabia que há 10 anos os fundadores do isaac já estavam transformando vidas por meio da educação?

Primeira Chance é uma ONG criada pelos fundadores do isaac, David Peixoto e Ricardo Sales, que promove a inclusão social de jovens talentosos de baixa renda investindo em sua educação. Uma vez aprovado no processo seletivo, o jovem se torna bolsista da Primeira Chance e tem acesso a ensino de qualidade e suporte financeiro para custear os gastos    relacionados à educação.

De acordo com pesquisas internas realizadas em 2021, a renda média dos ex-bolsistas formados pela Primeira Chance chega a ser cerca de dez vezes maior que a renda de sua família. Além disso, 100% dos formados ajudaram suas famílias e comunidades e 95% deles foram aprovados em instituições de ensino superior.

Uma geração familiar inteira foi transformada a partir do investimento na educação básica de qualidade de uma criança. Essa é uma prova concreta de que o potencial existe, o que falta é o investimento para que crianças e adolescentes possam brilhar. E essa, por fim, é uma das grandes responsabilidades da família.


Em resumo, como diria David Peixoto, um dos nossos fundadores:

“Precisamos dar perspectiva para as pessoas. O contexto em que elas estão dificulta até a própria capacidade de ambicionar e sonhar” .


Conclusão

Então, o investimento na educação básica retorna para a família?

Como vimos ao longo deste artigo, está mais do que comprovado que sim! E não só em termos financeiros.

Afinal, a educação básica de qualidade é o maior transformador social existente. Para isso, ela deve    receber apoio e incentivo por parte dos familiares, especialmente no contexto atual que demonstra uma grande defasagem no setor educacional.

Mais do que um custo, a educação é realmente um investimento. Ela permite sonhar e, mais ainda, realizar.

E agora ficou mais fácil sonhar. Com o isaac como parceiro financeiro da escola, as famílias têm acesso a mais formas de pagamento, atendimento humanizado por WhatsApp, tudo incrivelmente simples, rápido e eficaz. Além disso, o isaac garante a receita mensal da escola todo mês, o que possibilita que os gestores escolares tenham mais tempo e mais    recursos para tornar a qualidade do ensino cada vez melhor!

Atualmente o isaac já está presente em mais de 75% dos estados brasileiros e atende mais de 65 mil famílias. Quer conhecer um pouco mais a respeito do nosso trabalho?


Visite nossas redes sociais!

Instagram

Facebook

Linkedin

E lembre-se: se a sua escola é parceira do isaac, conte sempre com a gente!


Receba conteúdos
sobre educação
no seu e-mail!

Obrigado, seu contato foi recebido!
Opa, deu um erro ao enviar o formulário